FecharX

9º Festival de Verão da UFMG - Conservatório da UFMG

Conservatório UFMG - Centro

9º Festival de Verão da UFMG - Conservatório da UFMG

Evento encerrado

Data

09/02/15 até 13/02/15

Seg, Ter, Qua, Qui, Sex | 08:00 - 18:30


Créditos da imagem: Divulgação

De 9 a 13 de fevereiro acontece em Belo Horizonte o 9º Festival de Verão da UFMG. O evento oferece ao público diversas atividades culturais em ambientes vinculados à Universidade. Com o tema "O Corpo é uma festa", a edição vai promover reflexões sobre a relação dos corpos com os espaços e a carga simbólica resultante destes diálogos.

Programação do Conservatório da UFMG (Av. Afonso Pena, 1534 - Centro)

Oficinas

De 10 a 12 de fevereiro, das 14h às 16h
Oficina "A Matemática e o Homem Vitruviano", com Michel Spira
Discutirá a geometria da gravura “O homem vitruviano” de Leonardo da Vinci, abordando suas supostas conexões com a razão áurea e a quadratura do círculo.

De 10 a 13 de fevereiro, das 14h às 18h30
Oficina "Introdução à robótica – uma abordagem lúdica", com Guilherme Augusto Silva Pereira
Apresentar, de forma prática e divertida, os conceitos fundamentais da robótica e alguns dos problemas e soluções de engenharia, encontrados no desenvolvimento de robôs são as propostas dessa atividade. Durante a oficina, os participantes trabalharão em grupos, utilizando kits educacionais para projetar, construir e programar seus próprios robôs. Os robôs desenvolvidos participarão de empolgantes competições.

Dia 11 de fevereiro, das 8h30 às 12h30
Oficina "O uso de diferentes modos de comunicação em sala de aula", com Eduardo Fleury Mortimer
Estudos têm mostrado que o bom professor não valoriza apenas o conteúdo nas suas aulas, mas também a aprendizagem e o bem estar dos estudantes. Nesta oficina serão detalhados os diferentes modos que os professores utilizam pra atingir esses objetivos, com particular destaque para as características não verbais da comunicação. Essas características serão identificadas em aulas gravadas em vídeo, que já vem sendo utilizadas em pesquisas. Ao final será exemplificado como a voz pode ser trabalhada para melhorar processos de comunicação.

Ciclo de Palestras - das 10h às 12h

10 de fevereiro

"Performances nas imagens: narrativas visuais LGBTTI como cuidado de si", com Carlos Magno Camargos Mendonça
A partir de alguns ensaios fotográficos que retratam o cotidiano de pessoas trans, debater em que medida estas performances visuais podem funcionar como narrativas de resistência diante dos enunciados simbólicos propagados pelo crime de ódio. Discutir, ainda, de que maneira as narrativas de si, tomadas como estratégias do cuidado de si, podem funcionar para o desarme da maquinaria significante que objetiva o controle do corpo sob os moldes da violência social e simbólica.

"Teatralidades no corpo – o espaço cênico somos nós", com Marina Marcondes Machado
Esta paletra tem  como objetivo divulgar as possibilidades da leitura do corpo como “espaço cênico”, em sintonia com noções da espacialidade na cena contemporânea, especialmente aquelas que trabalham a partir dos princípios filosóficos da fenomenologia de Maurice Merleau-Ponty.

Dia 11 de fevereiro

"O novo padrão demográfico brasileiro: enormes surpresas, oportunidades passageiras, desafios permanentes!", com José Alberto Magno de Carvalho
Em 50 anos, a partir de meados da década de 60 do século passado, o padrão demográfico brasileiro transformou-se radicalmente, através de rapidíssimo declínio da fecundidade, já tendo alcançado um nível abaixo daquele de reposição. As taxas de crescimento populacional, cada vez menores, dentro de aproximadamente 25 anos se tornarão negativas, o que levará à diminuição do tamanho absoluto da população. A proporção da população com 65 anos ou mais de idade, que era inferior a 3% até 1970, tende a atingir em torno de 18% até meados do século. A rapidez e a profundidade de tais mudanças não encontram paralelo em outros países de primeiro mundo.

"A humanidade e a água", com Léo Heller 
Abordar a relação histórica que a humanidade vem mantendo com a água, em suas diversas formas. Serão enfatizadas as formas de fornecimento de água às populações e as tensões envolvidas, mostrando como se manifestam na contemporaneidade. Um dos quadros analíticos de referência a serem empregados na discussão será o conceito do direito humano à água segura e ao esgotamento sanitário, sobretudo após seu reconhecimento pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

12 de fevereiro

"Teatro grego – teatro do povo para o povo", com Tereza Virgínia Ribeiro Barbosa
Abordagem contemporânea de leitura e encenação de tragédias gregas.

"Trabalhando o conceito de luz em diferentes momentos históricos e sociais", com Ildeu de Castro Moreira 
A apresentação discutirá a evolução do conceito de luz em momentos diferentes das civilizações e as soluções tecnológicas apresentadas por diferentes grupos sociais para promover a interação entre os conceitos de universo e tecnologia. A provocação para o público será pensar alternativas de trabalhar os conceitos ligados à luz no contexto do Ano Internacional da Luz.

Dia 13 de fevereiro

"Letra, corpo e música: conversões performáticas", com Adélcio de Sousa Cruz 
Abordar questões teórico-práticas relacionadas ao trânsito/diálogo da literatura com a música, teatro e a performance, levando em consideração implicações quanto à corporalidade, seja representada no texto literário – conversões – quanto às intervenções performáticas na música e no teatro.

"Performances ritualísticas na tradição do Candombe da Lapinha", com Ridalvo Felix de Araújo
Na prática ritualística do Candombe, o canto tece a dança e o ritmo dos tambus embala o corpo em aprendizado. O discurso do mais velho, seja ele capitão ou mestre, restitui memórias ancestrais e aprendizados musicais, cujos significados ordenam o momento coerente para a sua transmissão. Assim, a conversa sobre alguns rituais da tradição do Candombe pretende abordar como o “Corpo e Festa” expressam uma forma singular de cultuar seus antepassados.

Confira a programação dos outros espaços:

Centro Cultural UFMG

Espaço do Conhecimento UFMG

Campus Saúde UFMG

Reportar erro
Encontrou algum erro? Informe para a gente.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com nossa Política de privacidade e nosso Termo de Uso e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.