FecharX

Documentário "Em Busca da História do Cruzeiro" resgata a fundação do clube e celebra o centenário

Mais de 70 pessoas foram entrevistadas, de ex-jogadores a filhos de imigrantes e operários italianos que fizeram parte da trajetória do time



Créditos da imagem: Divulgação
Main document%c3%a1rio cruzeiro prancheta 1
O lançamento do documentário "Em Busca da História do Cruzeiro" será no próximo dia 30 de julho (sexta-feira), mesma data em que é celebrado os 45 anos da vitória contra o argentino River Plate na conquista pelo time da sua primeira Taça Libertadores da América, em 1976. A exibição será às 19h pelo canal oficial do Cruzeiro no YouTube, com acesso liberado para o público em geral
Redação Sou BH
25/07 às 08:23
Atualizado em 25/07 às 08:23

Nas primeiras duas décadas do século passado, Belo Horizonte ainda se erguia como capital. Nesse período, a colônia italiana, que teve papel fundamental no desenvolvimento da cidade, consolidava por aqui suas raízes e tradições culturais. Apaixonados pelo futebol e inspirados por equipes que já se destacavam pelo Brasil, mas sem se reconhecerem nos times da elite belo-horizontina, os imigrantes mineiros sonhavam em fundar um clube para chamar de seu, um espaço de lazer onde também pudessem reunir suas famílias.

Cem anos depois, o documentário "Em Busca da História do Cruzeiro", dirigido por André Amparo e Gustavo Nolasco, foi conhecer mais de perto os primórdios da Società Sportiva Palestra Italia, nome dado ao time fundado em Belo Horizonte no dia 2 de janeiro de 1921 por comerciantes e operários italianos que tinham em comum o amor ao esporte e ao país onde nasceram.

Do Palestra até virar Cruzeiro Esporte Clube, em 1942, e conquistar o primeiro campeonato brasileiro em 1966 (chamado na época de Taça Brasil), muita história existe e se entrelaça com o próprio desenvolvimento da capital e o crescimento do futebol no estado por meio da construção do estádio Mineirão.

O média-metragem, uma realização do Instituto Palestra Itália em parceria com o Instituto Vivas, tem duração de 60 minutos e resgata parte da trajetória centenária do time a partir de mais de 70 entrevistas com ex-jogadores, historiadores, jornalistas, torcedores, dirigentes, funcionários do clube e filhos de operários e imigrantes que participaram desde o início do projeto que transformou o Cruzeiro em um dos grandes clubes do mundo.

O lançamento do documentário "Em Busca da História do Cruzeiro" será no próximo dia 30 de julho (sexta-feira), mesma data em que é celebrado os 45 anos da vitória contra o argentino River Plate na conquista pelo time da sua primeira Taça Libertadores da América, em 1976. A exibição será às 19h pelo canal oficial do Cruzeiro no YouTube, com acesso liberado para o público em geral.

"A história do Cruzeiro - além dos títulos, que são muitos e cada um deles merece um documentário à parte -, tem uma característica especial que é esta relação com a comunidade italiana que vai resultar na sua fundação cem anos atrás, quando Belo Horizonte estava começando a se modernizar e ganhar os ares da capital que conhecemos hoje. É um pouco em busca deste início, deste começo que o documentário vai atrás, desta intersecção entre mineiros e italianos que resulta no projeto de um dos maiores clubes do Brasil e do mundo", explica a CEO do Instituto Palestra Itália, Deis Chaves.

Curiosidades sobre o documentário

O filme é um legado e um presente para toda a torcida do Cruzeiro. Uma das novidades exclusivas que o doc trará para a “Nação Azul” será uma versão nova do hino do Palestra Itália, composto em 1922 por Arrigo Buzzacchi e Tolentino Miraglia. A versão inédita é interpretada pelos músicos cruzeirenses Alysson Zuin e César Maurício (ex-vocalista das bandas Virna Lisi e Radar Tantã). 

O média-metragem traz documentos e imagens inéditas, cedidas por famílias de palestrinos e cruzeirenses, trechos de outros documentários produzidos sobre o time, além de entrevistas exclusivas com expoentes do futebol e da crônica esportiva brasileira, como o ex-jogador Tostão e o jornalista Juca Kfouri.

Veja um teaser de "Em Busca da História do Cruzeiro" 


Sobre o Instituto Palestra Itália

Em atividade desde 2017, o Instituto Palestra Itália trabalha no resgate da história do Cruzeiro, na valorização da cultura italiana e na realização de ações tendo como vértice quatro pilares: social, esporte, cultura e educação.

Tudo o que foi filmado e colhido em arquivos até o momento representa centenas de fotos e muitas horas de entrevistas. Por isso, algumas imagens e depoimentos estão sendo guardados como material extra que será posteriormente usado para a concepção do futuro memorial do Cruzeiro, um livro comemorativo e uma mostra itinerante sobre os 100 anos de fundação do clube.

Outro documentário, um longa-metragem sobre o Centenário do Cruzeiro, está sendo preparado para ser lançado no segundo semestre, desta vez focado na história mais recente do time.

Iniciativa, realização e patrocínio

O projeto para criação de um documentário sobre os primórdios da história do Cruzeiro é uma iniciativa do Instituto Vivas, que tem a missão de promover a cultura e a cidadania, por meio do estímulo e desenvolvimento de programas e projetos culturais e sociais. O filme é realizado pelo Instituto Palestra Itália, Instituto Vivas, Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura do Governo Federal. Viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura com patrocínio da Construtora Uni, do Grupo Sada, da Nova Safra Food Service e da Vilma Alimentos.