FecharX

Aeroporto Internacional de BH passa a receber voos inéditos da Azul

São José do Rio Preto (SP) e Marabá (PA) terão operações diárias a partir de abril e maio deste ano, e as passagens já estão à venda



Créditos da imagem: Sidney de Almeida/shutterstock
Main destaque sidney de almeida
Redação Sou BH
19/01 às 11:31
Atualizado em 19/01 às 11:31

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, passará a contar com novos destinos operados pela Azul Linhas Aéreas. As operações para São José do Rio Preto (SP) e Marabá (PA) são inéditas no aeroporto e serão diárias a partir de abril e maio deste ano, respectivamente. As passagens já estão à venda. 

 

“Essas novas operações contribuem para ampliar a conectividade de Minas Gerais com o restante do país e fortalecem o aeroporto como um grande hub nacional. A entrada de novos destinos busca atender os passageiros que desejam retomar as viagens a lazer e para visitar seus familiares, sobretudo no atual momento. Além disso, as duas rotas são de suma importância para os negócios de Minas Gerais. Ao se conectar a São José do Rio Preto é possível ligar todo o noroeste paulista, que é forte no agronegócio, ao estado mineiro. Já a conexão com Marabá aproxima os mineiros de outra forte região abundante em minério e agronegócio dentro do Pará”, avalia Clayton Begido, gestor de Conectividade e Aviação da BH Airport.    

 

Azul já havia iniciado novas operações no aeroporto no final de 2020. Em dezembro, seis cidades foram adicionadas às operações. Cabo Frio (RJ) conta com 14 voos semanais. Ainda há ligações adicionais para Foz do Iguaçu (PR) e João Pessoa (PB) que têm um voo semanal. Além disso, com a estreia das operações regulares da Azul Conecta, de 17 de dezembro até o final de janeiro, o aeroporto contará com nove voos semanais que ligam, de maneira inédita, Belo Horizonte a Búzios (RJ) e sete voos semanais com ligação a Guarapari (ES), destinos muito procurados pelos mineiros durante o verão.   

 

Ações contra a Covid-19 

  

No Aeroporto Internacional de Belo Horizonte são colocadas em prática todas as orientações das autoridades de saúde e da Agência de Aviação Civil (Anac) para que as pessoas se sintam seguras para circular pelo aeroporto, bem como para voar. Há dispensers de álcool em gel em todo o aeroporto, barreiras de proteção nos locais de atendimento aos usuários e adesivos informativos para piso, assentos, banheiros e elevadores. Com apoio do exército, uma equipe foi capacitada para atuar na descontaminação e higienização de áreas de grande circulação. Entre as demais medidas já adotadas para o combate à disseminação da Covid-19, também foi reforçada a limpeza e desinfecção das áreas comuns de todo o aeroporto, especialmente dos banheiros.  

  

Para completar, aeroporto também laçou uma campanha de comunicação no intuito de conscientizar passageiros, visitantes e a comunidade aeroportuária sobre a necessidade de higienização das mãos, de manter o distanciamento, isolamento de assentos, uso de máscara e demais atitudes que podem garantir a saúde e segurança de todos.