FecharX

BH ganha audioguia com histórias e curiosidades de pontos importantes da cidade

Seis rotas emblemáticas e mais de 80 pontos foram mapeados e estão disponíveis gratuitamente para acesso mobile



Créditos da imagem: Letícia Ferraz
Main d5f5c294 cd4c 4404 8295 6586a065d937
Redação Sou BH
19/01 às 07:12
Atualizado em 19/01 às 07:14

Acaba de ser lançado o Bem BH, web aplicativo gratuito com audioguia de seis roteiros icônicos da cidade, mapeados e narrados destacando aspectos da arquitetura e urbanismo, das artes, da história e da gastronomia local.


Foram criadas seis rotas para serem percorridas presencialmente: Rua Sapucaí, Praça da Liberdade, Pampulha, Bairro Santa Tereza, Rua da Bahia e Viaduto Santa Tereza. As narrações de cada um dos 80 pontos de destaque são acionadas automaticamente de acordo com a localização do usuário. 


Fernando Pacheco, diretor da Equipe B Arquitetura e Design, empresa responsável pela concepção, realização e curadoria do projeto, destaca que os percursos foram definidos pensando na riqueza cultural de cada ponto. “As rotas dão destaque para edifícios, marcos urbanos, paisagens culturais e trazem informações que, muitas vezes, moradores e visitantes não têm fácil acesso”, explica.


Percorrendo a história


Cada roteiro busca trazer o que há de mais marcante no contexto em que ele está inserido, mostrando a coexistência de diferentes culturas, histórias e cotidianos em Belo Horizonte. “A pluralidade cultural de BH fica explícita nos percursos, que dão visibilidade à riqueza da cidade e permitem que as pessoas se apropriem desse legado histórico”, reforça Pacheco.


Começando pela Praça da Liberdade, nos deparamos com belos edifícios do início do século XX, construídos para funcionar o centro administrativo do Estado, mas que sofreram uma grande conversão e abrigam hoje um dos maiores circuitos culturais do Brasil. Descendo a Rua da Bahia até a Avenida Afonso Pena, percorremos um icônico corredor histórico, que por meio da Arquitetura preservada transmite a memória dos primórdios da capital e mostra as marcas das transformações que ocorreram ao longo dos anos.


Seguindo em linha reta, chegamos ao Viaduto Santa Tereza, que, muito além de conectar o centro ao bairro Floresta, é cartão postal de BH e recebe em seus baixios uma diversidade de festas e manifestações culturais. Após o viaduto, virando à esquerda, chegamos ao maior mirante de arte urbana do mundo: a Rua Sapucaí, palco de carnaval de rua e que reúne ao longo do seu trajeto gastronomia, arte e cultura.


Se seguirmos após o viaduto pela Avenida Assis Chateubriand, vamos em direção ao bairro Santa Tereza, o mais tradicional reduto boêmio de Belo Horizonte, que, mesmo a poucos minutos do centro, ainda preserva uma atmosfera tranquila, lembrando uma cidade do interior. Por fim, temos o roteiro que é sinônimo de Patrimônio e Cultura: a Pampulha, que pode ser percorrido em um agradável passeio a pé ou de bicicleta pela orla da lagoa. Dessa maneira, juntos, os roteiros transmitem um pouco da cultura belorizontina.


O Bem BH pode ser acessado pelo QR Code abaixo ou diretamente no site bembh.com.br.  O projeto foi realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, tendo a MGS Administração e Serviços como patrocinadora dessa primeira edição.