FecharX

4 mil aproveitam o Arraial de Belô no Funcionários

<p>Dança, música, comidas típicas e tranquilidade marcaram a festa</p>



Créditos da imagem:
Main 1407 arraial
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:37
Atualizado em 01/02/19 às 17:16

No sábado (12), cerca de quatro mil pessoas participaram da edição regional do Arraial de Belô na Feira Tom Jobim, no bairro Funcionários. Em um clima de tranquilidade e alegrias, a festa, promovida pela Belotur, contou com comidas típicas e dança de quadrilha.

Entre os presentes, estava o animado casal Roberto Nunes, aposentado, e a professora Maria José Macedo Sousa, que dançaram do início ao fim das apresentações musicais de Gláucio Barbosa e Trio Chapéu de Couro e da dupla Alex e Thiago. ?Está bom demais, até porque eu gosto muito de forró?, avaliou Roberto ao ser interpelado por Maria José: ?eu disse para ele que não iria hoje para o fogão, então decidimos vir para cá. E não nos arrependemos, pois aqui está muito bacana?, ressaltou ela.

Acompanhado por dois amigos, o advogado Luciano Carvalho Neves gostou da ideia de agregar dois eventos já tradicionais na capital. ?Deveria ser uma habitualidade apresentações deste tipo aqui na feira?, sugeriu. Quem também se deixou contagiar foram os professores chineses Yo Qianhua, Qiu Hailin e Chen JiarWen, que estavam acompanhados do diretor do Confúcio da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Carlos Gohn. Eles, que ficarão no Brasil por ano lecionando na universidade, foram conhecer a Feira Tom Jobim e um deles até arriscou a ginga do forró.

Há 30 anos com barraquinha de churrasco e acarajé na feira, Valquíria Barbosa, festejou o resultado. ?Está maravilhoso em termos de movimentação e venda. Eu vim preparada, pois foram distribuídos panfletos na semana passada, convidando todos para a festa. Além disso, convoquei meus amigos pelas redes sociais?, elogiou ao destacar a atenção prestada pela equipe organizadora do evento.

Considerado uma das maiores festas juninas do país, o Arraial de Belô será realizado entre os dias 17 e 27 de julho, na Praça da Estação, com o concurso dos grupos Especial e de Acesso e com o Festival Estadual de Quadrilhas.

Comentários