FecharX

'A minha hora chegou', diz vice-prefeito de BH ao ser vacinado contra a Covid-19

Com 73 anos, Fuad Noman foi imunizado na Secretaria Municipal de Educação, no Santo Antônio



Créditos da imagem: Divulgação PBH
Main 26 03 2021 vice prefeito fuad noman recebe a primeira dose da vacina contra covid 19 faixa de 72 a 74 anos   rodrigo clemente pbh  25
De acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte, a vacinação do Executivo segue a ordem estabelecida pelo Plano Nacional de Imunização e o cronograma de vacinação por idade divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde
Redação Sou BH
26/03 às 15:57
Atualizado em 26/03 às 16:35

O vice-prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman, que tem 73 anos, recebeu a primeira dose do imunizante contra a Covid-19 nesta sexta-feira (26), às 14h, na Secretaria Municipal de Educação, no bairro Santo Antônio, região Centro-Sul da capital. O local é um dos postos extras montados pela Prefeitura de Belo Horizonte para diminuir as filas nos 152 centros de saúde que também estão fazendo aplicação da vacina no público-alvo.


“O Brasil está vivendo um momento muito difícil. Toda a população precisa cooperar para que nós possamos vencer essa pandemia. A vacinação é super importante e uma hora ela chega. A minha hora chegou. Estava ansioso pelo dia de hoje e estou muito feliz e até um pouco emocionado por ter conseguido vacinar. Vim ao centro de saúde como todo brasileiro deve fazer, como todo belo-horizontino deve fazer, para que possamos cumprir todas as regras e juntos vencer essa pandemia”, afirmou Fuad Noman.


De acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte, a vacinação do Executivo segue a ordem estabelecida pelo Plano Nacional de Imunização e o cronograma de vacinação por idade divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde.


Prefeitura anuncia novos leitos


A Prefeitura de Belo Horizonte abriu nesta sexta-feira (26) mais sete leitos de UTI Covid no SUS, totalizando agora 494 unidades de terapia intensiva. Esse incremento, segundo o órgão, contribuiu para reduzir a taxa de ocupação na rede pública de 97,7% na quinta-feira, dia 25, para 96,6%, nesta sexta-feira.

 

Atualmente, a Rede SUS tem o maior número de leitos de UTI desde o início da pandemia. Somente neste mês, foram abertas 211 unidades, saltando de 283, no dia 1º, para as atuais 494. A taxa de ocupação geral de UTI Covid (SUS + Suplementar) aumentou em razão da alta demanda da rede particular, saltando de 105,7% na quinta-feira (25) para 107,5%, nesta sexta-feira.


Comentários