FecharX

Aos 70 anos, Cartunista Nani morre vítima da Covid-19 em Belo Horizonte

Mineiro de Esmeraldas, na Grande BH, estava internado havia uma semana



Créditos da imagem: Reprodução/EBC
Main arteartista nani 01
Ele deixa dois filhos, Juliano e Danilo, uma neta, a Manuela, e a mulher, Inez. Ainda não há informações sobre enterro e velório
Redação Sou BH
08/10 às 11:42
Atualizado em 08/10 às 11:42

O cartunista, escritor e roteirista Ernani Diniz Lucas morreu nesta sexta-feira (8), aos 70 anos, vítima de Covid-19. Natural da cidade de Esmeralda, em Minas Gerais, o Nani, como era conhecido, estava internado há uma semana em Belo Horizonte. Ele deixa dois filhos, Juliano e Danilo, uma neta, a Manuela, e a mulher, Inez. Ainda não há informações sobre enterro e velório.

Um dos grandes nomes dos quadrinhos no Brasil, Nani colaborou com a versão brasileira da revista Mad e trabalhou como redator dos programas de Chico Anysio. Ele também escreveu textos para os programas Casseta & Planeta, Sai de Baixo e no Zorra e criou a série de tirinhas Vereda Tropical, publicada em diversos jornais do país.

Nani começou sua carreira em 1971, publicando charges no periódico mineiro O Diário. Dois anos depois, mudou-se para o Rio, onde colaborou com O Pasquim e atuou como chargista no Jornal O Globo. Foi premiado em Salões de Humor em Montreal, Niterói e Piracicaba.