FecharX

Após tragédia em Capitólio e chuva, governo de Minas decreta luto de três dias

Corpo de Bombeiros confirma 10 mortos após queda de paredão no último sábado (8)



Créditos da imagem: CBMMG
Main cbmg
Ainda não se sabe o que provocou o acidente. Além da Polícia Civil, a Marinha informou que um inquérito será instaurado para apurar as causas do deslizamento de pedras no Lago de Furnas
Redação Sou BH
10/01 às 08:55
Atualizado em 10/01 às 08:55

O governador Romeu Zema assinou decreto de luto oficial de três dias em todo o estado de Minas Gerais em sinal de pesar às vítimas da tragédia em Capitólio e em respeito aos mineiros afetados pelas fortes chuvas dos últimos dias. A nota oficial foi divulgada neste domingo (9).

"Decretamos luto oficial e estamos dando todo apoio para que essas pessoas sejam resgatadas", afirma o governador. Segundo Romeu Zema, a área com certeza contará com reforço nas ações de vistoria e passará a ter procedimentos de segurança mais rígidos, "principalmente em época de chuva, que se provou capaz de tornar aquela estrutura instável", sinaliza. Segundo o Executivo estadual, as forças de segurança do estado continuam trabalhando para conter os riscos e socorrer todas as cidades e vítimas das chuvas.

Ainda não se sabe o que provocou o acidente. Além da Polícia Civil, a Marinha informou que um inquérito será instaurado para apurar as causas do deslizamento de pedras no Lago de Furnas que aconteceu no último sábado (8). As buscas no Lago de Furnas, em Capitólio, continuarão pelos próximos dias porque, embora todos os dez mortos tenham sido resgatados, algumas vítimas tiveram somente pedaços de corpos encontrados.

Além disso, a polícia aguarda eventuais comunicações de novos desaparecimentos, no caso de eventuais turistas que estavam sozinhos. “Pode ser que uma pessoa ou um casal estivesse caminhando e tenha caído uma pedra. Até o momento, nenhum dos órgãos recebeu informação de outros desaparecidos. Nós estamos iniciando e não temos pressa de terminar os trabalhos”, disse o delegado Marcos Pimenta, da Polícia Civil.

Visita cancelada

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, que visitaria o município de Capitólio neste domingo, cancelou a ida à região. Segundo o governo estadual, o mau tempo impossibilitou a viagem.

“Por causa das fortes chuvas que atingem o estado, as quais inviabilizam as autorizações e condições para voo, o governador não irá a Capitólio neste domingo. Nova data para a viagem será anunciada em breve”, informou a Secretaria de Governo do estado.