FecharX

Grife leiloa peças para ajudar artesãs do Vale do Jequitinhonha

Vagas para o leilão da Bel Lar são limitadas e arrematantes vão disputar as peças da coleção “A Contemporaneidade da Arte Popular”



Créditos da imagem: Breno da Matta
Main d5eaec68 e952 4fcc 8202 23faf787b4ad
Lançada no final de 2020, no dia 17 de dezembro, a mostra apresenta momentos especiais do projeto: Casa Vogue Na Estrada, projeto idealizado pelo Rafael Alves, em parceria com a Bel Lar Casa Contemporânea com apoio da Cerâmica Portinari
Redação Sou BH
28/02 às 08:14
Atualizado em 28/02 às 08:17

A Bel Lar promove neste domingo (28), às 16h30, uma live para leiloar todas as peças da exposição “A Contemporaneidade da Arte Popular”. Todos os recursos arrecadados serão doados para as associações das artesãs de Campo Alegre e de Campo Buriti, ambas no Vale do Jequitinhonha.

Dois convidados especiais falarão sobre arte popular brasileira: um é Israel Kislansky é escultor e referência em arte figurativa no Brasil. Especialista em fundição de obras de arte em metal, foi responsável pelo último restauro do Monumento a Independência, no Parque do Ipiranga, em São Paulo. Além do metal, faz amplo uso na produção das suas obras da cerâmica, que podemos conferir em seu livro Kislansky Cerâmicas - Argilas do Brasil, da editora Sesi-SP.

O outro é Julio Alves, designer estratégico e foi responsável pelo posicionamento da marca da Bel Lar Casa Contemporânea. Na JA.SD, desenvolve projetos de inovação e estratégia mercadológica para produtos e serviços.

Para participar do leilão, acesse: https://forms.gle/AEs4fPoDdX2p9L4j6

Exposição “A Contemporaneidade da Arte Popular” é estendida

Lançada no final de 2020, no dia 17 de dezembro, a mostra apresenta momentos especiais do projeto: Casa Vogue Na Estrada, projeto idealizado pelo Rafael Alves, em parceria com a Bel Lar Casa Contemporânea com apoio da Cerâmica Portinari. O espaço montado na sede da empresa reúne registros fotográficos de Breno da Matta e vídeos assinados por Carlos Queirozi, que trazem pra BH a atmosfera mágica dos artistas da nossa terra, no norte de Minas.

Numa imersão que aconteceu entre os dias 19 a 26 de outubro de 2020, em Trancoso, na Bahia, entre designers renomados no mercado, mestres artesãos e artistas locais para a colaboração e criação de uma coleção de objetos que serão lançados no stand da revista Casa Vogue, na SP Arte, em Abril de 2021. A imersão artística aconteceu no Uxuá Casa, Hotel &Spa. O projeto expandiu-se pelas estradas de Minas até chegar à terra vermelha do Vale do Jequitinhonha. Os arquitetos Carla Cruz do Estúdio Sala, Cristina Menezes, Felipe Soares, Zilda Santiago foram convidados e juntamente com a empresária Caroline Garcia, Diretora da BEL LAR, percorreram as regiões de Campo Alegre e Campo do Buriti para conhecerem a riqueza da arte original do local.

O conceito “feito à mão” é uma tendência vanguardista que considera a produção contemporânea artesanal como o vindouro da criação. Diante de uma realidade onde a manufatura industrial é predominante, o artesanato surge como uma opção especial e o mestre artesão como o realizador da arte através do trabalho manual que garante o criativo e o sublime. Logo, a riqueza cultural do produto feito à mão conta uma história encantadora, criada sem máquinas. Esse detalhe faz toda a diferença e inspira o luxo arquitetônico que se transforma organicamente em obra de arte.

Comentários