FecharX

Kalil concede coletiva nesta quarta para tratar da situação da covid-19 em BH

Prefeito prometeu em rede social não fechar a cidade de BH, mas alertou que a 'pandemia ainda não acabou'



Créditos da imagem: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press. Brasil
Main ege13012022jr004
Há uma expectativa em relação ao que a prefeitura decidirá sobre as festas privadas de Carnaval
Redação Sou BH
26/01 às 08:58
Atualizado em 26/01 às 08:58

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, irá conceder entrevista coletiva nesta quarta-feira (26), às 15h. Em pauta, está a explosão de casos de covid-19. Kalil estará acompanhado do secretário municipal de Saúde, Jackson Machado, e dos infectologistas do Comitê de Enfrentamento à Covid-19.

Na terça-feira (25), o prefeito da capital mineira declarou em uma rede social que não irá decretar medidas restritivas que determinem o fechamento da cidade em face do avanço da ômicron e do crescimento no número de casos de coronavírus.

Há uma expectativa em relação ao que a prefeitura decidirá sobre as festas privadas de Carnaval. Isso porque representantes do Executivo Municipal tem se reunido constantemente e um dos temas discutidos é quais critérios vão ser adotados para liberação de alvarás para esses eventos. A tradicional folia de rua não terá apoio da prefeitura.

As ocupações de leitos destinados à covid-19 estão no vermelho em Belo Horizonte. De acordo com o último balanço divulgado, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) está em 88,5% e a de enfermaria em 90,5%. O RT, que monitora a velocidade de transmissão do vírus, está em 1,16, no amarelo.