FecharX

Solidariedade: Hospital da Baleia lança campanha #doaréhumano

Instituição filantrópica teve queda na receita em função da pandemia e cirurgias diminuíram 50%



Créditos da imagem: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press
Main juarez rodrigues em d.a press hospital da baleia
Baleia lança uma nova campanha de captação de recursos com o mote: “Em um mar de necessidades, sua doação salva vidas”, #doaréhumano
Redação Sou BH
16/02 às 09:43
Atualizado em 16/02 às 09:43

A pandemia da Covid-19 afetou vários setores, inclusive o da saúde. O filantrópico Hospital da Baleia viu sua receita diminuir significativamente ao longo de 2020, por conta do cancelamento de consultas, internações e cirurgias. Para continuar sua missão de cuidar dos mineiros com excelência, o Baleia lança uma nova campanha de captação de recursos com o mote: “Em um mar de necessidades, sua doação salva vidas”, #doaréhumano.   

Na oncologia do Baleia, por exemplo, houve 31% de queda na produção no que se refere aos tratamentos oncológicos, como quimioterapia, radioterapia e hormonioterapia. Outro número que chamou atenção foi em relação à hemodiálise. Apesar do hospital ter sido escolhido pela Secretaria Municipal para o tratamento de pacientes com doença renal crônica suspeitos e/ou confirmados para a COVID, houve queda de cerca de 10% em relação ao atendimentos do Centro de Nefrologia, comparando com o ano anterior.   

O Hospital da Baleia atende 95% de seus pacientes pelo SUS (Sistema Único de Saúde), vindo de 88% dos municípios mineiros. "Toda essa queda de produção, aliada ao fato de já convivermos com uma tabela do SUS desatualizada há mais de 20 anos, faz com que o Baleia sempre esteja lançando campanhas em busca do apoio da sociedade em geral para continuarmos cuidando da saúde dos mineiros", explica Danielle Ferreira, gerente de Mobilização e Recursos do Hospital da Baleia.   

No Hospital da Baleia, os mineiros contam com 30 especialidades médicas e como referências, os Centros de Oncologia Adulta e Pediátrica, Nefrologia (Hemodiálise e Transplante Renal), Ortopedia, Pediatria e Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além do Tratamento e Reabilitação de Fissuras Labiopalatais e Deformidades Craniofaciais (Centrare). Todos os anos são feitos, em média, 1,2 milhão de atendimentos.   

Com a filantropia em seu DNA, é importante que haja adesão e divulgação das suas campanhas de solidariedade. Há décadas referência no atendimento médico-hospitalar em Minas Gerais – o hospital conta com a solidariedade de pessoas físicas e jurídicas.   

Clique aqui para doar!

Comentários