FecharX

Que tal ajudar as periferias neste momento de crise?

Conheça as ações e saiba como contribuir com o Centro Cultural Lá da Favelinha



Créditos da imagem: Flávio Charchar
Main destaque fl%c3%a1vio charchar
Redação Sou BH
19/04/20 às 09:00
Atualizado em 21/05/20 às 10:14

O Centro Cultural Lá da Favelinha, localizado no Aglomerado da Serra, está envolvido em diversas ações para ajudar a comunidade neste momento de crise e manter o projeto funcionando durante a pandemia. 


Uma das ações é da Remexe Favelinha, marca de roupa sustentável, que está confeccionando máscaras artesanais para a população. As vendas são feitas online, nos perfis do Instagram do Lá da Favelinha ou da Remexe Favelinha, e cada peça custa R$ 5. Toda a renda obtida é revertida para manter o projeto e o lucro é dividido igualmente entre as costureiras e todos os envolvidos.


Favelinha também criou, junto ao Atelier TatiCastru, um banco de dados de costureiras para oportunidades de trabalho, inclusive para ajudar na confecção das máscaras durante a pandemia. Podem se cadastrar costureiras que moram nas periferias de Belo Horizonte e região metropolitana. Mais informações nas redes sociais do Centro Cultural.


Por ser uma iniciativa independente, o Lá da Favelinha também teve as fontes de renda afetadas devido à pandemia do coronavírus e precisa da contribuição da população para manter as atividades e ajudar a comunidade do aglomerado neste período. Para colaborar, uma das ações é o Matchfunding Enfrente, realizado em parceria com a Benfeitoria. O projeto funciona como um financiamento coletivo em que a cada R$ 1 doado, a Favelinha arrecada R$ 3. Com valores a partir de R$ 10 é possível contribuir e ajudar quem precisa.

Comentários