FecharX

Companhia de Dança Deborah Colker vem a BH com novo espetáculo, ‘Sagração’

Sesc Palladium

Companhia de Dança Deborah Colker vem a BH com novo espetáculo, ‘Sagração’

Valor entrada

  • 75 Meia
  • 130 Inteira
  • 80 Meia
  • 160 Inteira

Data

31/08 até 31/08

Sab | 21:00

01/09 até 01/09

Dom | 19:00


Créditos da imagem: Flávio Colker
Montagem introduz referências brasileiras, como elementos de boi bumbá, coco, afoxé e samba, à música clássica de Stravinsky.
Montagem introduz referências brasileiras, como elementos de boi bumbá, coco, afoxé e samba, à música clássica de Stravinsky.

A célebre Companhia de Dança Deborah Colker desembarca em Belo Horizonte com o espetáculo ‘Sagração’, como parte da turnê que celebra os 30 anos do grupo. As apresentações acontecem em 31 de agosto e 1º de setembro (no sábado e no domingo), às 21h e 19h, respectivamente, no Grande Teatro do Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1046 - Centro). Ingressos estão à venda pelo site Sympla.

A montagem é uma livre adaptação de ‘A Sagração da Primavera’, obra composta pelo russo Igor Stravinsky, que ganhou projeção mundial pela apresentação estreada em Paris em 1913. Sua composição musical é considerada revolucionária por introduzir estruturas rítmicas e harmônicas nunca antes utilizadas em partituras.

Na versão concebida e dirigida por Deborah Colker, a música clássica de Stravinsky encontra ritmos brasileiros, com a introdução de elementos de boi bumbá, coco, afoxé e samba. Aos acordes de instrumentos de orquestra, o diretor musical Alexandre Elias adicionou flauta de madeira, maracá, caxixi e tambores. Os paus de chuva também entram em cena no arranjo executado ao vivo pelos bailarinos.

30 anos da Cia. de Dança Deborah Colker

Fundada em 1994 pela coreógrafa Deborah Colker, em conjunto com o diretor executivo João Elias, a Companhia de Dança Deborah Colker é uma das mais relevantes e premiadas não apenas do país, como também é amplamente reconhecida no panorama da dança mundial. 

Com quatorze espetáculos em seu repertório, ao longo de seus 30 anos de história, o grupo já realizou mais de duas mil apresentações, em mais de 100 cidades, de 32 países do mundo, o que totaliza um público de cerca de 3,5 milhões de pessoas. 

Entre as conquistas de destaque de Deborah Colker, em 2009, a coreógrafa foi convidada pelo Cirque du Soleil para criar o novo espetáculo da companhia, ‘Ovo’, sendo a primeira mulher a criar e dirigir um espetáculo para o Cirque. Em 2016, foi a diretora de movimento da cerimônia de abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro, evento transmitido para mais de 2 bilhões de pessoas em todo o mundo. 


Reportar erro
Encontrou algum erro? Informe para a gente.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com nossa Política de privacidade e nosso Termo de Uso e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.