FecharX

Museu das Minas e do Metal, em BH, reabre totalmente para o público

Espaço estava funcionando desde julho de forma parcial, com acesso somente ao primeiro piso



Créditos da imagem: Francisco Francischelli
Main museu mm gerdau   francisco fancischelli
Com a reabertura dos demais andares, os visitantes poderão ter acesso ao interior de todo o Prédio Rosa, considerado um marco arquitetônico da capital mineira
Redação Sou BH
13/10 às 08:21
Atualizado em 13/10 às 08:21

O MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, na Praça da Liberdade, será totalmente reaberto para o público a partir deste sábado (16). Desde julho deste ano, o espaço só permite o acesso de visitantes ao primeiro piso, que abriga a Teriacafé Cafeteria, praça de convivência, loja Bem Mineiro e espaço para exposições temporárias.

Com a reabertura dos demais andares, os visitantes poderão ter acesso ao interior de todo o Prédio Rosa, considerado um marco arquitetônico da capital mineira. No Piso Liberdade, onde fica a Praça de Convivência, o público poderá conferir a Druza de Quartzo, a maior e mais pesada amostra do acervo mineral. No Andar das Minas, o visitante é convidado a fazer um percurso pelas principais minas do estado, um passeio guiado por personagens que contam histórias das Minas Gerais. Salas e exposições que apresentam a diversidade do universo mineral, incluindo um inventário com mais de 400 amostras.

Já no Andar do Metal, o público tem a oportunidade de entender sobre a importância e usos do metal para a humanidade, além de acompanhar a evolução de suas aplicações. Por meio de uma balança especial é possível saber uma estimativa da quantidade de substâncias minerais que cada pessoa carrega no seu corpo, além de conhecer o Professor Mendeleev e as Janelas para o Mundo. A sala da Língua Afiada será reaberta após passar por reformas e a exposição Minerais do Brasil é considerada uma das maiores de minerais raros do país.

"Estamos muito confiantes em retomar a abertura total do Museu, entendendo que fazemos isso de maneira segura, cumprindo todos os protocolos sanitários e em um momento de avanço da vacinação da população e de indicadores estáveis. Abrimos parcialmente, apenas com o Nível Liberdade em 9 de julho e, desde então, recebemos cerca de 15 mil pessoas. Existe uma demanda em geral para a retomada de todas as atividades. Acreditamos que é hora de abrir totalmente para que o público possa ter de novo a experiência de visitar o MM Gerdau por completo, retomar suas atividades de lazer, cultura e diversão no Circuito Liberdade. Nunca deixamos de estar próximos do nosso público, sobretudo com as ações digitais, mas é hora desse reencontro com os visitantes e, com todos os cuidados, compartilhar com eles novas experiências. Vem muita coisa boa por aí", destaca Márcia Guimarães, diretora do MM Gerdau.

        Leia também: Teriacafé Cafeteria permite aos clientes coar o próprio café
        Leia tambémPalácio da Liberdade, em BH, é reaberto para visitações