FecharX

Pesquisa aponta que 90% dos visitantes recomendam passeio nos parques de BH

Foram avaliados o nível de satisfação com a visita, opinião quanto ao processo de agendamento, análise dos serviços e equipamentos



Créditos da imagem: Qu4ato Studio
Main qu4rto studio belotur
Com os dados e sugestões apurados por meio da pesquisa, a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica implementou algumas melhorias no processo de agendamento e visitação
Redação Sou BH
23/10 às 11:11
Atualizado em 23/10 às 11:11

Levantamento realizado pelo Observatório do Turismo de Belo Horizonte com usuários dos parques municipais da capital mostra que 90,5% dos visitantes recomendariam o passeio realizado e 94,5% planejam voltar ao local ou visitar outro parque da capital. Na avaliação geral – com índices que vão de 1 a 4 – a média das notas foi de 3,48, o que significa “muito satisfatória”.

Outros pontos foram perguntados aos usuários, que responderam em média com as seguintes notas: limpeza das áreas de visitação (3,57); estado dos banheiros (3,22); estado dos bebedouros (3,31); sensação de segurança (3,55); sinalização e placas informativas (3,21); informações fornecidas (3,41); atendimento e recepção pelos funcionários (3,66);  atrações e atividades oferecidas (3,12); manutenção dos jardins e áreas verdes (3,26); e medidas para evitar o contágio da Covid-19 (3,41).

Entre os aspectos abordados pela pesquisa estão o nível de satisfação com a visita, opinião quanto ao processo de agendamento, análise dos serviços e equipamentos disponibilizados no parque e, inclusive, explicação para cancelamento ou desistência, caso a visita não tenha sido efetivada.

Com os dados e sugestões apurados por meio da pesquisa, a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica implementou algumas melhorias no processo de agendamento e visitação, tais como a distribuição de mapa impresso da Zoobotânica para cada família visitante e a oferta de reservas no sistema por turno, e não mais por faixa de horário, além de um calendário maior de datas disponíveis de uma só vez para consulta, a fim facilitar a busca de ingressos disponíveis, em quantidade necessária para cada família, e também permitir maior flexibilidade e previsibilidade na visita.

O levantamento realizado até o último dia 10 de setembro, que tem como base aproximadamente 2 mil respostas, mostrou que 94,5% dos respondentes moram em Minas Gerais, e 70,5% deles são residentes de Belo Horizonte. A pesquisa completa está disponível neste link.