FecharX

Comida di Buteco chega ao fim neste sábado (17)

<p>Estrutura do evento já está pronta para receber o público no Largo da Saideira</p>



Créditos da imagem:
Main 1605 zeca saideira
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:37
Atualizado em 01/02/19 às 17:09

10 mil pessoas são esperadas, amanhã (17), na festa de encerramento da 15ª edição do Comida di Buteco em Belo Horizonte, a partir das 12h, segundo a organização. O evento será realizado no Largo da Saideira (Av. Cristiano Machado, 3.450) e contará com a apresentação de Zeca Pagodinho e Monobloco.

A grande atração da Saideira são os 45 botecos com estandes montados, vendendo seus tira-gostos, em formatos reduzidos. Dessa forma, o público terá a oportunidade de experimentar todos os concorrentes, ao preço único de cada petisco a R$ 10,00.

Para oferecer conforto, praticidade e uma experiência única para o público, o Comida di Buteco preparou grande estrutura com cerca de mil profissionais, entre seguranças privados, brigadistas, organização e atendimento. ?Contaremos também com o apoio de duas UTIs Móveis, da Polícia Militar, da BHTrans e do BPTrans. Tudo para garantir a segurança, os serviços e a diversão dos botequeiros?, explica Alexa Carvalho, proprietária da Etc&Tal, empresa responsável pelo projeto da festa.

A preocupação com a segurança e bem-estar dos frequentadores começa antes mesmo da chegada ao Largo da Saideira. Linhas de taxi-lotação serão ativadas pela BHTrans, diretamente para o local do evento. Serão duas saídas: uma do bairro Savassi, na av. da Getúlio Vargas, 1300, (ao preço de R$11,00 por pessoa) e  outra da av. Amazonas, 315, Centro (ao preço de R$9,00 por pessoa). ?Recomendamos sempre a utilização do transporte público, dos taxis e da organização das caronas solidárias. Assim, todos ficam mais tranquilos para se divertirem com os amigos, sem a preocupação com a Lei Seca, cuja Blitz é provável que aconteça?, afirma Maria Eulália Araújo, Gestora de Botecos do Comida di Buteco.

Outro ponto de atenção observado pela organização da festa é a comida que será comercializada pelos botecos. Todos receberam do Senac, consultoria especial sobre o  transporte e acondicionamento de alimentos para ocasiões específicas como a Saideira. Garantindo assim a qualidade dos alimentos servidos.