FecharX

Festival Criatura abre mais de 300 vagas para oficinas em BH

Evento se apresenta em quatro frentes: educativo, cinema, apresentações artísticas e feiras



Créditos da imagem: Divulgação
Main festival criatura capa
As inscrições devem ser feitas no site da produtora Vai Tomando, organizadora do evento
Redação Sou BH
28/07 às 09:36
Atualizado em 28/07 às 09:36

O 3° Criatura, Festival de Artes Integradas, que acontece entre 8 a 14 de agosto de 2022, está com inscrições abertas para a frente educativa. São 17 oficinas e mais de 300 vagas destinadas aos moradores da capital e da Região Metropolitana de Belo Horizonte, além de um workshop para produtores culturais. As inscrições devem ser feitas no site da produtora Vai Tomando, organizadora do evento. 

Criatura se apresenta em quatro frentes: educativo, cinema, apresentações artísticas e feiras, e tem como propósito explorar novas possibilidades de criação artística por meio de conexões entre diferentes atores, linguagens e culturas. Todas as atividades da frente educativa foram elaboradas para possibilitar intercâmbios e experiências em rede crescente, sendo uma importante ferramenta de integração entre as artes, as pessoas e as tecnologias.

As propostas foram elaboradas por artistas mineiros que no papel de educadores criaram metodologias inovadoras de integração às artes. A ideia é que o aprendizado da técnica se converta em vivências coletivas que culminem no surgimento de novas sensibilidades e formas de se comunicar artisticamente em nosso cotidiano. Os produtos destes encontros serão expostos e apresentados no evento do fim de semana dos dias 13 e 14/08. Assim, os participantes das atividades são também artistas e parte da programação.

Daniel Pettersen, realizador do Criatura, reforça que as oficinas são uma oportunidade de interação e imersão na proposta artística do festival e convoca a participação social. “O conceito da frente educativa tem muito a ver com a essência do festival. As oficinas e o workshop são um complemento importante às apresentações artísticas pois possibilitam a troca de saberes que favorecem a criação de laços mais fortes entre os participantes e as temáticas trabalhadas pelo festival. A seleção de educadores de alto nível e alunos de perfis diversos fazem do Criatura uma ferramenta de conexão cultural para nossa cidade", afirma. 

Para a organizadora Ana Carolina Andrade, o diferencial do Criatura, que tem garantido sua relevância na cena cultural mineira, é a comunicação para a mobilização social. “Estruturamos toda a programação educativa para que ela contemple interesses nas mais diversas áreas do fazer artístico. Buscamos fomentar a participação de pessoas de toda as regionais da cidade e municípios do entorno. E temos uma equipe de mobilizadores para garantir que a informação extrapole os circuitos tradicionais de comunicação sobre culturas e artes de Belo Horizonte”, atesta.

A seleção dos inscritos se dará respeitando os critérios de descentralização e democratização do acesso do Festival Criatura que prevê a equidade de participação entre gêneros, mínimo 50% de pessoas negras, mínimo de 50% de pessoas que estudaram em escolas públicas nos ensinos fundamental e médio, a presença de pessoas com deficiências nas atividades, programação e equipe, e a abrangência de todas as regionais inscritas.

Serviço
Oficinas do Festival Criatura
8 a 14 de agosto
Inscrições: https://www.vaitomando.com.br/programa%C3%A7%C3%A3o-festival-criatura