FecharX

Paciente em tratamento de câncer ganha ‘projeção de esperança’ na Serra do Curral, em BH

Iluminação da área de preservação ambiental emocionou quem passou próximo ao Mangabeiras, nesta quinta-feira (23)



Créditos da imagem: Arquivo Pessoal
Main whatsapp image 2021 09 24 at 10.57.30
Há duas semanas, quando estava internado no Orizonti, da janela do quarto do hospital ele via uma das mais belas vistas da cidade, e, admirando a beleza da Serra do Curral, comentou com a filha algumas vezes: “quando sair daqui, eu vou subir a serra e colocar uma placa com uma mensagem vitoriosa”
Redação Sou BH
24/09 às 11:43
Atualizado em 24/09 às 11:45

Além da lua cheia, uma projeção emocionante iluminou a noite de quem passou próximo ao Instituto Orizonti, no bairro Mangabeiras, nesta quinta-feira (23). A fé, a esperança e a paz subiram a montanha em homenagem a um paciente que está em cuidados paliativos, o senhor Raimundo Eustáquio Delfim Bueno, de 74 anos completos na última semana. Mais conhecido como Tatico, como gosta de ser chamado, ele carrega essa mensagem em todos os seus dias, ao longo do tratamento de um câncer. Otimista, resiliente e religioso, seu sonho era deixar esse recado para as pessoas, de alguma forma.

Há duas semanas, quando estava internado no Orizonti, da janela do quarto do hospital ele via uma das mais belas vistas da cidade, e, admirando a beleza da Serra do Curral, comentou com a filha algumas vezes: “quando sair daqui, eu vou subir a serra e colocar uma placa com uma mensagem vitoriosa”.

A família começou a pensar formas de realizar esse sonho, já que a Serra do Curral é uma área de preservação ambiental e patrimônio histórico, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Mas para quem tem fé, todo e qualquer sonho é possível. Foi quando surgiu a ideia de projetar a mensagem com luz. A equipe do hospital viabilizou e a projeção ocorreu no estacionamento, que fica nos pés da Serra do Curral. Familiares e amigos, emocionados, acompanharam a alegria no rosto do senhor Tatico ao ver seu mantra estampado no pico da serra, iluminando a noite e a vida de todas as pessoas que passavam por ali.

“Me sinto muito privilegiado por poder estar em um lugar muito bom e especial cuidando da minha doença. Espero ficar curado para mostrar às pessoas o que significa um tratamento oncológico. E quero aqui falar para as pessoas que essas três palavras são as mais importantes que existem na vida: fé, esperança e paz. Sem elas não dá para viver. Quero também mostrar como vale a pena as amizades, o amor, estar bem com todas as pessoas, fazer o que se ama e fazer o bem a cada dia”, disse o senhor Tatico, mostrando toda a sua alegria em viver.

Um dia de cada vez

A filha Fernanda Bueno conta que ele já passou por tanta coisa difícil, tantos percalços com sua saúde e, ainda assim, está sempre alegre e otimista. “Uma das médicas da equipe que trata meu pai desde a descoberta do câncer, em 2018, fala que ele é uma fênix. Ele chegava para fazer as sessões de quimio e radioterapia sempre bem-humorado e cantando. Quem o conhece, o admira muito”, contou a filha.

Antes ainda de descobrir o câncer, por volta do ano de 2014, Tatico precisou fazer uma grande cirurgia cardíaca e colocou quatro pontes de safena. Em 2018 veio o diagnóstico de um câncer no esôfago e estômago. Logo começou o tratamento na clínica Oncomed, referência no tratamento do câncer. Fez sessões de quimioterapia e, posteriormente, cirurgia para retirada do esôfago. Ficou entubado, sedado e internado em CTI por algumas semanas.

Fernanda conta que, após a alta médica, não parou um dia sequer de trabalhar. “Sempre foi muito forte e continuou ativo. Nos momentos de descanso e lazer, ir para o sítio da família e curtir a natureza o deixava feliz”, contou a filha.

Ano passado, no meio da pandemia, o câncer voltou, dessa vez na costela. Outra cirurgia. Retirada de uma costela. Parada cardíaca no bloco cirúrgico. Metástase. Mas nada disso faz o senhor Tatico desistir de viver. “Foi uma homenagem que ele merecia. Não é porque é meu pai, mas ele é extraordinário. Todo mundo que conhece é apaixonado por ele. Ele é muito querido por ser quem ele é: feliz, forte, resiliente, e é essa lição que ele deixa pra todos nós”, finaliza Fernanda.