FecharX

Bate-papo gratuito sobre o Barroco italiano e o mineiro

<p>Casa Fiat de Cultura inicia sua programação paralela de palestras amanhã (25)</p>



Créditos da imagem:
Main 2406 barroco
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:37
Atualizado em 01/02/19 às 17:22

Hoje (25), a Casa Fiat de Cultura (Praça da Liberdade, 10 - Funcionários) promove a palestra ?Barroco em Ouro? apresentada pelo curador brasileiro da mostra e presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Angelo Oswaldo. A conferência será aberta ao público, com entrada franca, às 19h30. O objetivo é fazer um comparativo entre a força da prata em Nápoles e a importância da madeira e do ouro no Brasil, mais precisamente em Minas Gerais.

Serão contemplados também o contexto cultural da época e o legado da produção artística dos mestres escultores, que surgiram nesse ambiente tão favorável à arte sacra. O artista Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, considerado o primeiro a revelar uma expressão brasileira de arte, ao reinventar padrões e atingir um estilo próprio, recebe atenção especial.

O público também conhecerá um pouco mais sobre os autores nascidos em Portugal, Xavier de Brito e Vieira Servas, e dos mineiros Mestre de Piranga e Mestre Valentim, que contribuíram para a fortuna artística do século do ouro. A palestra tem entrada gratuita.

Angelo Oswaldo de Araújo Santos é presidente do Instituto Brasileiro de Museus, vinculado ao Ministério da Cultura. Jornalista, escritor e advogado, foi prefeito de Ouro Preto, Minas Gerais, por três mandatos e secretário de Estado da Cultura de Minas Gerais no período de 1999 a 2002. Exerceu, interinamente, o cargo de ministro da Cultura do Brasil e dirigiu o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, IPHAN.

A cada exposição, a Casa Fiat de Cultura realiza um ciclo de palestras para que o público possa conhecer mais sobre a temática de suas mostras. Com duração entre uma hora e meia e duas horas, elas são ministradas por renomados especialistas da arte.