FecharX

Leitura dramática no Circuito Cultural Praça da Liberdade

<p>Peça ?A Cantora Careca? será apresentada amanhã (8), com entrada franca</p>



Créditos da imagem:
Main 0705 5 cabecas leitura drama
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:38
Atualizado em 01/02/19 às 17:10

O Memorial Minas Gerais Vale (Praça da Liberdade, 640 - Savassi), integrante do Circuito Cultural Praça da Liberdade, apresenta amanhã (8), às 19h30, a segunda edição do programa ?Leitura Rara?, com a leitura dramática do texto ?A Cantora Careca?, de Eugène Ionesco, feita pela Cia. 5 Cabeças. A curadoria é de Anderson Aníbal e o evento tem entrada franca e está sujeita à lotação do espaço.

"Anti-peça? em um ato, assim definida pelo autor Eugène Ionesco, ?A Cantora Careca? é considerada a primeira das obras da corrente estética teatral surgida após a Segunda Guerra Mundial, batizada de ?Teatro do Absurdo?. Escrita em 1950 foi também o primeiro texto desse dramaturgo nascido na Romênia e radicado na França.

Altamente irônico, o texto mostra o cotidiano da burguesia em decadência na Inglaterra.  A obra procura ilustrar o absurdo da existência humana, assim como o distanciamento e a frieza na comunicação entre as pessoas, observado no diálogo nonsense entre os seis personagens: o Sr. e a Sra. Smith, a empregada Mary, o Sr. e a Sra. Martin e o Capitão dos Bombeiros. Os absurdos nas conversas levam os seis personagens à completa incomunicabilidade, através de diálogos muitas vezes ininteligíveis.

A Cia. 5 Cabeças é uma companhia de teatro de Belo Horizonte que em 2014 completa cinco anos de atividades. Em seu repertório possui três trabalhos autorais que dialogam com as peças clássicas do chamado ?Teatro do Absurdo? e que foram premiados em diversos festivais ? as cenas curtas ?5 cabeças à espera de um trem? e ?Sinto muito: acabaram-se os pães?; além do espetáculo ?Cachorros Não Sabem Blefar?. Para este ano a Companhia prepara projetos novos para o teatro e também para o cinema.